09/06/2015

Resenha: Uma Canção para Libélula

Oiee people! Hoje é dia de resenha e a resenha de hoje é muiito especial porque vim fazer a resenha de um livro, de uma autora muito especial que foi a primeira que apoiou meu trabalho e confiou em mim para resenhar seu livro, e então chega de blá blá blá e bora pra resenha.




Editora: Deuses
Páginas: 212
Autor(a): Juliana Daglio
Sinopse: Era uma comum primavera numa fazenda qualquer, mas um encontro inusitado aconteceu: a Menina e a Libélula se viram pela primeira vez. Assombrada por um medo irracional da Morte, a Menina é marcada por esse encontro para o resto de sua vida. Compõe então uma canção em seu piano, homenageando a misteriosa libélula.
  Os anos se passaram, Vanessa vivia em Londres e tinha a vida cercada por seu iminente sucesso como pianista, porém, algo aconteceu, mudando seu destino: Uma doença, uma viagem e um reencontro . Vanessa precisará encarar fantasmas que sequer lembrava um dia terem assombrado sua vida, tendo de relembrar a morte do irmão e reviver seu conflito com a mãe. E mais importante e mortal, conhecer a grande antagonista de sua vida, a quem chama de Vilã Cinzenta. 
  De Londres a São Paulo, dos Palcos aos Lagos. “Uma canção para a Libélula” é a história de uma alma perdida e de sua busca por quebrar o casulo de sua existência, para só então compreender o sentido da própria vida. Este livro é um profundo mergulho em uma mente nebulosa, permeada por lagos obscuros e pela inusitada morte; não havendo sequer esperanças.

Minha opinião: ★★★★★; O livro é Ó-T-I-M-O. Me apeguei ele desde o começo, cada detalhe sobre a personalidade da personagem é muito bem mostrado, além do foco da história se manter sem vacilar.
Os. personagens são super bem idealizados, você consegue imaginar o que eles passam e como são à todo o momento. E a melhor parte de todas é a capa ela é incrível, rica em detalhes e contando um pouco da história apenas com a capa.



Frase que mais gostei: " A Libélula em meu pescoço não fazia mais sentido. Eu não tinha nada, nem a mim mesma...
...Eu estava cheia de certeza de que tudo que vivi de bom era uma mentira e que agora estava fadada a viver sozinha."

Minha gente estou encantada com esse livro, e agora estou naquela fase onde estou necessitando da sequência, mas ainda bem que sai esse mês, e pode ter certeza que eu vou adquiri- lo logo quando sair.


Então é isso amorecos espero que tenham gostado, se gostaram compartilhem nas redes sócias, e muitos beijos e até a próxima.Bye.


3 comentários:

  1. Lari lindaaaaaaaa!!
    Obrigada pela resenha linda, pelo carinho e pela oportunidade de ser lida e resenhada aqui no seu espacinho todo especial.
    Mora no meu coração!!!
    *-*

    ResponderExcluir
  2. Que bom que você gostou flor, foi feita com muito amor, o mesmo amor que você tem com suas parcerias e fãs, que é muito grande!
    Você também mora no meu heart <3

    ResponderExcluir
  3. Seu blog é lindo! Falando de um livro tão lindo como esse também, fica mais especial ainda! <3 Super inscrita!

    ResponderExcluir