30/09/2016

Projeto Essential Book: Setembro

Oie cerejas! Tudo bom? Dia de projeto Essential Book,esse mês foi tão corrido que quando vi já estava atrasada mas antes tarde do que nunca. E o tema do mês é essência do casal favorito, e agora vamos as fotos!


O casal que escolhi foi a Ari e o Luke de A Escolhida, que é o casal que estou apaixonada. Os dois são seres de espécies diferentes só que a partir do momento que eles estão juntos eles entram em um mundo só, como se a divisão entre eles não existissem.


Eles vivem em um amor proibido onde ocorrem muitas restrições por conta de serem de universos diferentes, por isso o cadeado que representa esse ato "ilícito" dos dois.


Ari e Luke se completam de uma forma que é quase inexplicável, eles se encaixam e se completam como peças de uma quebra cabeça, você pode tentar com todas as outras peças mas só essas duas peças tem perfeito encaixe.

*Estefânia - http://amantesdaleiturablog.blogspot.com/
*Karla - http://livroarbitriodotco.wordpress.com/
*Sâmella - http://sammysacional.blogspot.com/
*Carol - http://horinhasdedescuido.com/
*Vanessa - http://www.pensamentosvalemouro.com/
*Nívine - http://www.outrocapitulo.com/
*Mayara - http://naiveheart.org/
*Nina - http://ninaeuma.blogspot.com/
*Cecília - http://blogrefugio.com/
*Ana Carolina - https://nomeupropriocantinho.wordpress.com/
*Marcia - http://www.escritoramarciadantas.com/

Então é isso gente! Espero que tenham gostado, não se esqueçam de comentar, compartilhar e seguir o blog. Muitos beijos e até a próxima! 

24/09/2016

Interação Literária: Cura Leitura

Oie meu povo! Hoje voltei com mais uma entrevista do quadro Interação literária! E hoje as perguntas foram feitas com o blog Cura Leitura, uma pessoa super atenciosa e carinhosa! Então vamos a entrevista!

1) 3 coisas indispensáveis para uma boa leitura.
Para mim as três coisas indispensáveis para uma boa leitura são:
1. Concentração
2. Silêncio ou uma música agradável, de preferência uma que eu não saiba cantar. Hahaha
3. Um bom livro, é claro! Acho que esta é a principal coisa.

2) Um livro nacional ou internacional? 
Nacional. Temos que valorizar nossos autores. Sem contar que ultimamente tenho lido nacionais maravilhosos.

3) Você já obteve uma má experiência como blogueira?
Já, sim. Uma editora pequena foi super mal educada e arrogante conosco (eu e as meninas do blog). E mais de uma vez, infelizmente.

4) Se você fosse para uma ilha deserta e pudesse levar apenas 2 livros, quais seriam?
Só dois? A Bíblia e As Crônicas de Nárnia.

5) No cenário da blogsfera atual, você acha que existe espaço para todos?
Apesar de superlotada, a blogosfera tem, sim, espaço para todos. Mas para ter reconhecimento é preciso muito esforço, dedicação, paciência e humildade. "O sol nasce para todos, mas brilha para poucos."

Então é isso! Espero que tenham gostado, e não se esqueçam de visitar o blog Cura Leitura, comentar e compartilhar. Muitos beijos e até a próxima! 


21/09/2016

Projeto 7 on 7: Inspiração

Oie Cerejas! Tudo bom? Hoje estou começando um novo projeto chamado 7 on 7, onde consiste em 7 blogueiras, postarem 7 fotos todo dia 7 de cada mês por 7 meses. E hoje não é dia 7, mas pra ter um gostinho eu trouxe as fotos com o temas inspiração! Vem comigo ver as fotos!

O que mais me inspira acima de tudo nessa vida é comida! É incrível como uma coisa tão simples, pode render tantas ideias, suprir necessidades é muito bom (esse doce fofo na foto é um suspiro recheado com merengue <3 )

Inspiro- me nas cores por que elas remetem ,na minha concepção, uma vibe de mundo melhor, não sei o porque, elas lembram a vida de uma forma melhor e mais feliz.

O que sempre traz uma paixão e uma inspiração é escrever, em alguns momentos não passam de palavras aleatórias, e elas dão uma sempre em uma frase legal, ou em um texto.

Leitura é pura forma de se inspirar, a imaginação se aflora de forma que a cabeça não limita-se a apenas guardar dentro de si, ela precisa se deixar expressar de alguma forma!

A natureza, é o que rende os melhores textos,fotos enfim, tudo! Parece que tudo fica mais leve quando se está em contato com ela <3 

Flores: seres tão pequenos e com significados infinitos, cada detalhe deixa elas mais belas que afloram a imaginação.

Chuva remete a reflexão, o que sempre me leva a escrever sobre temas reflexivos. É incrível saber que gotas tão pequenas tem a capacidade de influenciar grandes coisas, o que faz surgir rios de ideias.

Então é isso meu povo! Espero que tenham gostado, não se esqueçam de comentar, compartilhar e seguir o blog! Muitos beijos e até a próxima!

16/09/2016

Resenha: A Escolhida

Oie Cerejas! Tudo bom? Duas resenhas seguidas? Sim! A resenha de hoje é do livro A Escolhida, que me surpreendeu muito! Então vamos a resenha.

Pags: 435
Autora: Amanda Ághata Costa
Avaliação: 5 estrelas (favorito) 


A história se trata de Ari, uma garota completamente diferente das outras. Não é apenas uma garota com uma aparência invejável, ela na realidade é um anjo que necessita de sangue obtido através de assassinatos.
Sua vida muda quando é raptada por dois feiticeiros (Luke e Evan) e é levada para círculo, um lugar onde vários feiticeiros vivem e são comandados por Egran, um homem inescrupuloso que não se importa com nada, a não ser conseguir o que quer. Em sua nova vida, Ari começa a sentir um lado de si que não cogitava sua existência.

“Poupar vidas nunca foi uma opção. O meu desejo de matança era pouco justo, sem me conceder a oportunidade de escolher as vítimas por afeição.”

Ari tenta se afastar de todo e qualquer contato com aquele povo, mas a partir do momento que ela conhece Luke, sua concepção já começa a mudar.


Temos uma personagem nesse livro que no começo causa repúdio, mas depois ela se torna dona do nosso coração, que é a Vincy, irmã de Luke, que a partir do momento que começamos a entender mais sobre ela e como realmente é ela se torna uma pessoa apaixonante.

“Não se molda o destino, menina. É impossível mudar o curso de dois rios quando ambos são feitos para desaguar em um só lugar.”

Várias reviravoltas, um envolvimento sobrenatural, um encontro de almas rejeitado por ambos as partes, deixam o livro de A Escolhida ainda mais cativante. 
A trama nos leva a uma reflexão sobre os sacrifícios que temos que enfrentar para conseguir salvar-nos e salvar aqueles que amamos.

“Não dá pra descrever o que senti. Eu perdi o chão, quis jogar os medos para o alto sem anotar mais complicações na lista.”


O livro tem uma das diagramações mais bonitas que já vi. Os detalhes na troca de páginas, o desenho no começo do livro, os detalhes na numeração das páginas, a troca de letras para indicar o passado e os sonhos. Deixam a edição mais convidativa para a leitura, também temos a capa, com tons que tem certa harmonia entre si, que a deixa incrível.

Então é isso meu povo! Espero que tenham gostado! Não se esqueçam de comentar, compartilhar e seguir o blog nas redes sociais ( @blog_sduc e @segredosdeumacerejeira). Muitos beijos e até a próxima!


12/09/2016

Resenha: Carta de Amor aos Mortos

Oie Cerejas! Tudo bom? Dia de resenha, finalmente! A resenha de hoje é da linda Ava Dellaria, o Carta de amor aos mortos! Então vamos a resenha.


Págs: 344
Autora: Ava Dellaria
Editora: Seguinte
Avaliação: 5 Estrelas

O livro conta a história de Laurel, uma garota que após a morte de sua irmã

"Todos nós queremos ser alguém, mas temos medo de descobrir de que não somos tão bons quanto todo mundo imagina que somos."

decide trocar de escola para se afastar de todos que sabiam do ocorrido.
Sua irmã, May, era sua inspiração e a alegria de sua casa, mas após sua morte, sua mãe decide ir embora para a Califórnia. O que fez Laurel passar uma semana com sua tia Amy, uma mulher extremamente ligada a igreja, e outra com seu pai, onde a casa vive em uma  grane falta de palavras e com contato de um com outro.
Sua vida começou a mudar quando a sua nova  professora de inglês decide passar um trabalho onde todos deveriam escrever uma carta à alguém que já morreu, sua primeira carta é para Kurt Cobain, o cantor favorito de May. Ela se sente muito bem com tal experiência, tanto que começa a escrever cartas a outros artistas como Judy Garland, River Phoenix, Amelia Earhart, entre outros.  Nas cartas ela tenta descobrir a causa da morte de cada um deles, suas análises e conta a sua própria história, como se fosse um desabafo.

Todas as novas experiências vividas
 na nova escola, o seu novo amor: Sky e  suas novas amizades são contadas em cada uma desses registros. Mas ela não pode fugir do seu passado, aos poucos ela começa a aceitar o ocorrido com May, e parar de se culpar para finalmente, seguir em frente.
A carga emocional desse livro é extremamente alta, você se sente dentro da pele da Laurel e cada emoção por ela sentida fosse transpassada para dentro de você.

 A forma que a autora trata o assunto “como lidar com a morte”, é um jeito que me impressionou de tal maneira, porque ela fala sobre o assunto sem deixar o livro mórbido e pesado, o livro tem suavidade e flui de uma maneira que encanta.

 “Duas garotas na ponte, para ver. As folhas do outono não caem com violência. A primavera dura para sempre, depois de uma tempestade”. 

O ponto que mais amei foi como ela fez o livro, ele é dividido em cartas, não em capítulos, com remetente e destinatário. O que cativa de certo modo por conta desse diferencial, deixando a obra mais atrativa. E a capa tem um degrade de cores muito bem escolhidas, dando uma sensação de profundidade e leveza.

Então é isso! Espero que tenham gostado, não se esqueçam de comentar, compartilhar e seguir o blog no insta (@blog_sduc) lá tem fotos bonitinhas, e o autógrafo da Ava! Muitos beijos e até a próxima <3 

10/09/2016

Interação literária- Entrevista com:Lua Andrade

Oie Cerejas! Tudo bom? Segunda entrevista do nosso quadro Interação Literária e dessa vez foi com a pessoa mais linda desse mundo do blog O Caderno da Lua, a Lua Andrade! Ela é uma pessoa incrível e eu recomendo que vocês visitem o blog dela, porque é muito bom. E agora vamos as perguntas!


1) Descreva sua visão do mundo literário.
Uma pergunta bem abrangente. Vejamos... Muitas pessoas lendo... Mas não a maioria ... Muitas pessoas lendo o que a mídia divulga e porque dá status ler determinado autor...porém nunca vi tanto debate acerca disso e tantas pessoas interessadas no assunto de livros, como agora.  Então... Estamos em ascensão. Mas, longe de um patamar ideal. Continuemos caminhando rsrs.      

2) Qual o autor que te marcou mais?
Bom... Eu adorava ler Pedro Bandeira, Márcia Kupstas e Cecília Meireles. Isso na infância e juventude.   Hoje leio basicamente autores nacionais e a marca mais recente é Juliana Daglio.    
  
3) Qual foi seu principal objetivo criando o blog?
Eu criei o Caderno da Lua por incentivo de algumas amigas leitoras, que apreciando minha forma de expressão me convenceram que eu "servia para a coisa" rsrs. Aliás tenho dois. O Minha Prosa Poética também. Este é mais voltado para poesia e textos aleatórios. O objetivo principal e divulgar literatura brasileira contemporânea.

4) Sonha em publicar algo? O que?                    
Dizem que escrever um livro está entre uma das coisas que se deve fazer em vida. Então, sim. Como filha de escritor e leitora apaixonada, um dia talvez publique meus devaneios rsrsrs... Talvez crônicas e poesias.        

5) No cenário da blogsfera atual, você acha que existe espaço para todos?        
Sobre a blogosfera.... Sempre existirá espaço virtual. O difícil é galgar o espaço físico no coração e na mente dos leitores. Um pouco por conta da qualidade das postagens e outro tanto, por desinteresse dos leitores ou a falta de leitores.

Então é isso meu povo! Espero que estejam gostando, não se esqueçam de comentar, compartilhar e seguir o blog! Muitos beijos e até a próxima!

08/09/2016

O que é ser blogueiro?

Quem trabalha com isso já ouviu pelo menos uma vez "isso não é profissão" ou "isso é coisa para desocupados". Essas frases doem pois só quem faz e quem está ao redor sabe o trabalho que é passar horas pesquisando sobre cada assunto para tudo sair certo. 

Ser blogueiro é dedicar seu tempo a textos que talvez apenas uma pessoa veja ou muitas pessoas, é sempre estar em uma corda bamba.
Mesmo sendo um trabalho muitas vezes não remunerado e extremamente julgado por ser "para pessoas que tem falta do que fazer" é o melhor trabalho do mundo.

Cada comentário fofo, uma curtida que seja, já enche de alegria o nosso coração. E isso não é apenas uma frase para completar o texto, foi do fundo do meu coração.

São horas de esforço,pesquisa, sofrimento para conseguir internet e trabalho duro recompensados com um simples menor que 3, ou um "amei; tais gestos fazem todas as horas terem valido a pena.
Só para finalizar, quero dizer que amo cada um de vocês!

03/09/2016

Interação literária- Entrevista com: Flávia Bergamin

Olá minhas cerejas! Tudo bom? Hoje trouxe uma nova série aqui para o blog, chamada Interação Literária. Nela eu entrevistei algumas blogueiras para unir mais esse nosso universo da blogsfera literária e para todos conhecerem mais blogs e sobre quem escreve.
Para essa primeira entrevista eu trouxe a Flávia Bergamin do blog Você é tão livro, e ela é muito fofa gente! E agora vamos a entrevista!


1) Qual foi sua inspiração para criar o blog?
Outros blogs e minha paixão por livros. Eu vi pessoas encantando outras pessoas com resenhas e noticias de livros e pensei "poxa eu também quero isso!"

2) Se você pudesse escolher um autor para vida toda, quem seria?
Rick Riordan (apesar dele  ter me bloqueado, RS), porque sou completamente apaixonada pelo Percy.

3) Você tem algum ritual para ler?
Sim hahah. Ler a ultima pagina, cheirar, procurar um local confortável e, enfim, ler.

4) Um livro que você recomenda para todos.
Citarei dois. Distopia (Kate willians) e Golfinhos e tubarões o ultimo mundo (tais cortez).

5) No cenário atual da blogsfera, você acha que existe espaço para todos?
SIM!! Com certeza. Alguns blogs surgem, outros se aposentam, mas sempre há espaço para todo mundo.

Então foi isso gente! Eu quero que vocês falem nos comentários o que vocês acham sobre essa série, passem também no blog da Flávia que é muito legal. Não se esqueçam de comentar e seguir o blog nas redes sociais (@segredosdeumacerejeira e @blog_sduc).
 Muitos beijos e até a próxima!