12/09/2016

Resenha: Carta de Amor aos Mortos

Oie Cerejas! Tudo bom? Dia de resenha, finalmente! A resenha de hoje é da linda Ava Dellaria, o Carta de amor aos mortos! Então vamos a resenha.


Págs: 344
Autora: Ava Dellaria
Editora: Seguinte
Avaliação: 5 Estrelas

O livro conta a história de Laurel, uma garota que após a morte de sua irmã

"Todos nós queremos ser alguém, mas temos medo de descobrir de que não somos tão bons quanto todo mundo imagina que somos."

decide trocar de escola para se afastar de todos que sabiam do ocorrido.
Sua irmã, May, era sua inspiração e a alegria de sua casa, mas após sua morte, sua mãe decide ir embora para a Califórnia. O que fez Laurel passar uma semana com sua tia Amy, uma mulher extremamente ligada a igreja, e outra com seu pai, onde a casa vive em uma  grane falta de palavras e com contato de um com outro.
Sua vida começou a mudar quando a sua nova  professora de inglês decide passar um trabalho onde todos deveriam escrever uma carta à alguém que já morreu, sua primeira carta é para Kurt Cobain, o cantor favorito de May. Ela se sente muito bem com tal experiência, tanto que começa a escrever cartas a outros artistas como Judy Garland, River Phoenix, Amelia Earhart, entre outros.  Nas cartas ela tenta descobrir a causa da morte de cada um deles, suas análises e conta a sua própria história, como se fosse um desabafo.

Todas as novas experiências vividas
 na nova escola, o seu novo amor: Sky e  suas novas amizades são contadas em cada uma desses registros. Mas ela não pode fugir do seu passado, aos poucos ela começa a aceitar o ocorrido com May, e parar de se culpar para finalmente, seguir em frente.
A carga emocional desse livro é extremamente alta, você se sente dentro da pele da Laurel e cada emoção por ela sentida fosse transpassada para dentro de você.

 A forma que a autora trata o assunto “como lidar com a morte”, é um jeito que me impressionou de tal maneira, porque ela fala sobre o assunto sem deixar o livro mórbido e pesado, o livro tem suavidade e flui de uma maneira que encanta.

 “Duas garotas na ponte, para ver. As folhas do outono não caem com violência. A primavera dura para sempre, depois de uma tempestade”. 

O ponto que mais amei foi como ela fez o livro, ele é dividido em cartas, não em capítulos, com remetente e destinatário. O que cativa de certo modo por conta desse diferencial, deixando a obra mais atrativa. E a capa tem um degrade de cores muito bem escolhidas, dando uma sensação de profundidade e leveza.

Então é isso! Espero que tenham gostado, não se esqueçam de comentar, compartilhar e seguir o blog no insta (@blog_sduc) lá tem fotos bonitinhas, e o autógrafo da Ava! Muitos beijos e até a próxima <3 

54 comentários:

  1. Olá Larissa
    Eu já li esse livro e fiquei apaixonada pelo estilo e dinamismo. Para mim foi uma leitura bem válida e especial. Sobre a carga emocional, é mesmo muito alta, preciso concordar com você. A questão da divisão em cartas é ótima né?! Adorei poder conferir seus comentários e o post está ótimo.
    Boas leituras!
    Beijos, Fer
    www.segredosemlivros.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie! A carga dele é alta mas é extremamente maravilhoso! Fico feliz por ter gostado!
      Beijos <3

      Excluir
  2. ESSE LIVRO É MARAVILHOSO ♥
    E a autora também, meu Deus! Ela foi tão amorzinho comigo lá na Bienal haha
    Amo esse livro <3

    Beijos,
    Flá Bergamin
    http://voceetaolivro.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ela é incrível! Vi você na fila aquele dia o/
      Beijos <3

      Excluir
  3. Adorei sua resenha e estou invejando o autógrafo. É um livro realmente bom, li e resenhei também há algum tempo.
    J, Clichê Imperial

    ResponderExcluir
  4. Iaí Lari, a cada resenha que leio desse livro aumenta minha vontade de ler, um amigo meu me disse que ele é muito parecido com As vantagens de ser invisível que é outro livro que sou bastante afim de ler. Espero adquiri-lo em breve. Muito bom o blog! Seguindo já! Abraços.

    http://leitorprolixo.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. João, eles são maravilhosos de maneiras diferentes,e tenho certeza que você ficará encantado com os dois <3
      Beijos!

      Excluir
  5. Olá
    Eu tenho muita vontade de ler esse livro, pois a história que essa sinopse trás me deixou super encantado e essa capa está muito show, fiquei muito triste em saber que ela estava na bienal,queria muito ir ver ela. Adorei a sua resenha, e fico feliz em sabe que o livro foi muito bom par você. Até mais vê
    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie!
      Ela foi incrível na bienal, numa próxima você consegue <3 fico feliz que tenha gostado!
      Beijos!

      Excluir
  6. Li este livro em 2014 e não gostei. Achei as cartas muito estranhas, principalmente porque a menina contava para a celebridade a vida da celebridade... oi??? E achei muito chatinha e mimimizenta. Para mim não funcionou, mas que bacana que você curtiu!!!
    MEU AMOR PELOS LIVROS
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sério mesmo? Você é uma das primeiras pessoas que vejo falar que não gostou! Mas é uma opinião valida, e é bom saber desse ponto de vista, obrigada pela visita.
      Beijos

      Excluir
  7. Achei o enredo muito original! Eu acho que adoraria lê-lo, especialmente porque (como você) a estrutura em cartas me envolveria facilmente. Gosto de imaginar uma protagonista buscando a redenção através da escrita... E acho que provavelmente nos sentimos íntimos dela e desse processo ao ler suas cartas. :)

    Beijos!
    www.myqueenside.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim! Concordo em gênero e número! É como se fossemos ela em alguns momentos!
      Beijos.

      Excluir
  8. Olha eu sinceramente até então não tive interesse nenhum de ler esse livro sabia? Eu até li algumas resenhas, mas não consegui sentir vontade de ler não, embora muita gente fale bem. Espero poder um dia pelo menos ler o livro quando eu tiver mais de boa em relação as minhas metas, mas é algo que deixarei mais pra frente e não agora.

    Agora uma coisa que quero ressaltar é que gostei da maneira como desenvolveu sua resenha. Ficou muito bem explicada e clara. Parabéns viu? Contiue assim...

    http://lovereadmybooks.blogspot.com.br/2016/09/reflexao-parte-6.html

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Silvana <3 fico lisonjeada em receber tal elogio.
      Você vai sentir que em algum momento, você vai sentir que o livro vai se encaixar perfeitamente com o momento que está vivendo.
      Beijos!

      Excluir
  9. Esse é um dos livros que eu quero muito ler e depois dessa resenha fiquei com muito mais vontade de ler.

    Amei a resenha, ficou muito bem explicada.


    Beijos!

    https://blogparadaliteraria.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Já conhecia o livro, mas sua resenha foi a primeira que li, não fazia ideia que a história era assim. Gostei de saber que apesar do tema ser morte, a autora soube conduzir bem a história não fazendo ela ficar pesada. Espero ler em breve!
    http://www.virandoamor.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Leia, é uma história incrível!
      Beijos, Lari.

      Excluir
  11. Olá,
    Ainda não tive a oportunidade de ler a obra, mas tenho muita curiosidade e ela já está na minha lista de leituras a um tempo.
    Fiquei intrigada para conferir essa carga emocional que você diz ser alta e ver se me sinto na pele da Laurel.
    Gostei bastante da sua resenha e ela me deu vontade de pular algumas leituras e ir direto para esse livro.

    http://leitoradescontrolada.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie!
      Pode pular que vai valer muito a pena.
      Beijos,Lari.

      Excluir
  12. Olá Larissa,
    Li esse livro há um tempo e lembro que adorei a história, pois a forma como a protagonista lidou com a perda, que não foi fácil, não é? A obra me marcou muito e acho que te marcou muito também.
    Obrigada por ter me dado a oportunidade de ler sua resenha e ter me feito lembrar dessa obra.
    Beijos,
    Um Oceano de Histórias

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie!
      Foi uma perda difícil mesmo. A obra ficou marcada em minha memória.
      Obrigada por você ter passado aqui.
      Beijos, Lari.

      Excluir
  13. Oie
    Estou loca para fazer leitura dele já o tenho aqui em casa estou me segurando para não passar na frente postei uma foto dele no insta e todo mundo mandando eu ler que é ótimo fiquei com um pouquinho de receio estou criando uma baita expectativa vou deixar acalmar um pouco mais vou dizer uma coisa eu sou uma manteiga derretida então já sei que o choro vai ser certo.
    Adorei seu post sem nenhum spoiler eu agradeço.
    Bju
    Mary Reis

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O choro nesse livro é necessário, mas vale muito a pena.
      Obrigada pela visita.
      Beijos!

      Excluir
  14. Olá...
    Adorei sua resenha!
    Li esse livro faz alguns meses e simplesmente AMEI! A autora escreve com maestria e adorei a forma que ela fala de amor, onde é impossível não ter o sofrimento diretamente ligado.
    Gostei da divisão das cartas também <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie!
      Que bom que gostou, obrigada pelo comentário.
      Beijos

      Excluir
  15. Adorei sua resenha!
    O livro me parece bem intenso e reflexivo, com certeza, adicionado à minha lista

    ResponderExcluir
  16. Oi, tudo bem?
    A sua resenha ficou ótima, e estou com esse livro anotado na minha lista de futuras compras a algum tempo haha A sua resenha só me deixou ainda mais intrigada com a obra, ela parece ser muito interessante, e eu não sabia que ao invés de capítulos eram cartas, pensei que as cartas estavam dentro dos capítulos (acho que deu pra entender o que estou tentando dizer, né? kkkk)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie!
      Obrigada <3 Entendi sim hehe, mas é ele é divido em cartas mesmo. O que não perde o sentido dele.
      Beijos!

      Excluir
  17. Oi, tudo bem?
    Já me recomendaram esse livro, mas não fazia ideia que ele era separado por cartas ao invés de capítulos e isso me deixou curiosa, já que nunca li algum livro escrito dessa maneira.
    Achei legal você ter falado que a morte, o tema central da história, não é tratada de maneira pesada e sim com mais leveza e com mensagens reflexivas. Me parece ser uma obra incrível!

    Beijos! ♥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, é mesmo incrível, além de ser muito reflexiva.
      Beijos!

      Excluir
  18. oooi, primeira vez aqui e amei o blog *-*

    Uma amiga já tinha me recomendado esse livro (aos prantos) e o modo como você descreveu ele e como ressaltou sobre a vibe dele me deixou mais ainda com vontade de ler ele.
    Gostei muito do primeiro trecho que você colocou, ele passa um ar de profundidade pro livro!
    A dica já havia sido aceita e agora ganhou mais um ponto positivo com a sua resenha!
    Beijos ♡

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que gostou, escute sua amiga ela tem razão!
      Beijos.

      Excluir
  19. Olá,

    Já vi várias resenhas positivas desse livro e eis que a sua não deixou de me encantar. Achei um máximo ela escrever as cartas para figuras tão importantes da música e ao mesmo tempo desabafar a respeito da sua vida, como forma de superação. Eu confesso que não gosto muito desse esquema de cada capítulo ser em formato de carta, mas este é um livro que eu me arriscaria a ler. A capa é realmente linda e tal como você disse, dá a sensação de profundidade e leveza ao mesmo tempo. Sua resenha está maravilhosa, muito esclarecedora.

    Abraços
    Cá Entre Nós

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada pelos elogios fico muito honrada. Se arrisque a lê-lo é algo que vale a pena.
      Beijos!

      Excluir
  20. OI!!

    O fato dele ser escrito em formato de cartas é bem legal. A autora escreveu algo bem enigmático e tratou de um assunto incomum: despedida aos mortos. Me imagino navegando nessas páginas únicas e compreendendo cada ponto diferente e vivendo essa "carga emocional". Obrigada e beijos!

    ResponderExcluir
  21. Tenho que assumir que não gostei tanto desse livro. Sim, eu fiquei curiosa para saber o que fez a irmã dela se matar, e chorei no final, mas achei massante e cansativo o jeito que a autora foi prosseguindo com a leitura, por fim foi uma excelente reflexão, um livro carregado de drama, as cartas foram bem usadas, mas faltou reviravoltas que me fizessem ficar vidrada na história

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nunca pensei sobre esse ponto de vista, é bem interessante.
      Obrigada, Beijos!

      Excluir
  22. Oie!!!!
    Na época em que foi lançado este livro eu logo me interessei e o comprei, mas sempre deixava sua leitura pra lá e ler a sua resenha me fez ter vontade de "desencalhar" ele, pois a forma como você descreveu que a estória não fica mórbida me fez ficar curiosa pra ler essas cartas!
    Valeu pela resenha incentivadora!
    Bjinhos ;)
    Elaine M. Escovedo
    Caminhando Entre Livros
    Http://www.caminhandoentelivros.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Desencalha ele! Vale muito não vai se arrepender.
      Obrigada, beijos!

      Excluir
  23. Olá!
    A história é bem diferente. Basear uma história onde você escreve cartas aos mortos não é nada fácil. Sua resenha está muito boa e fiquei curiosa para saber como tudo se desenrola.
    Quem sabe eu leia mais para frente.
    Beijinhos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É muito diferente do convencional.
      Obrigada, Beijos!

      Excluir
  24. Também gostei muito do livro, e da ideia da autora usar cartas para desenvolver seu enredo Me emocionei em muitas partes.
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir
  25. Olá.

    Eu nunca li esse livro, mas vejo muitas resenhas positivas sobre essa obra. Achei bem interessante a proposta do livro e não sabia que os diálogos eram em cartas. Bem legal! Fico feliz q vc tenha gostado e espero ler mais p frente.

    Beijos!

    ResponderExcluir
  26. Olá! Como vai, querida?
    Li uma resenha sobre esse livro uma vez e já fiquei interessada, ainda mais porque esse tem uma proposta tão diversa e peculiar, algo que particularmente adoro!
    E olha para quem ela escreve essas cartas! É ou não é para se sentir com inveja? kkkkkkkkkkkkk
    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá!
      É uma proposta bem diferente e é incrível para quem ela escreve!
      Obrigada, beijos!

      Excluir
  27. Oi Larissa, tudo bem?
    Fico bem feliz em ver que você gostou do livro, eu sempre tive uma curiosidade em lê-lo mas não tive oportunidade ainda, mas com certeza verei para ler esse ano ainda. O enredo é diferente e bem contagiante né? fico feliz em ver que você gostou!

    Beijos

    http://www.oteoremadaleitura.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá!
      Leia é uma obra muito cativante.
      Obrigada e beijos!

      Excluir