21/10/2016

Resenha: A probabilidade estatística do amor à primeira vista

Olá Cerejas! Tudo bom? Dei uma sumida mas estou de volta com mais uma resenha do livro A probabilidade estatística do amor à primeira vista, um livro que me surpreendeu em todos os sentidos, vamos então a resenha! 

Pags: 223
Autor(a): Jennifer E. Smith 
Nota: 4 Estrelas

Você acredita em amor a primeira vista? O que 4 minutos podem diferenciar na sua vida? Essa é a história de Hadley. Onde após perder seu voo por estar com 4 minutos de atraso, sua vida vira de ponta a cabeça.

"O amor é a coisa mais estranha e sem lógica do mundo."

Ao acordar naquela manhã, Hadley só consegue ter um pensamento, que esse será o pior dia de sua vida. Tinha que pegar um voo para Londres, só que não era para uma viagem turística, e sim para o casamento de seu pai. Um pai que agora tinha outra vida, novos amigos, outros parentes e uma noiva sofisticada; uma vida longe de sua filha.
Ao simples atraso, ela precisa aguardar ao próximo voo. Nesse aguardar, ela conhece Oliver, um britânico muito bonito e muito educado, que lhe ajuda com sua mala. Por meio de uma coincidência do destino, ele se senta ao lado dela no avião; rendendo-lhes horas de conversas sobre muitos assuntos.
Ao saírem do avião cada um segue o seu caminho, porém algo tinha mudado em Hadley, mas qual seria a probabilidade de encontra-lo novamente? Um misto de emoções envolve essa história de modo encantador e simples.

"Talvez os atrasos no decorrer do dia sejam apenas detalhes, mas, se não fosse por eles, teria sido por causa de alguma outra coisa."

O livro é bem clichê apesar de ser fofo. Sua história é bem nos moldes do romance, mas sempre tem um momento na vida que se precisa ler um romance clichê, então pode escolher esse livro mesmo.
A diagramação é bem simples, as letras tem um tamanho bem confortável para a leitura, e a capa é muito fofa, principalmente por misturar desenhos com fotografias, acho essa mistura bem legal.

A leitura é bem leve e simples, você consegue ler em um dia ou dois no máximo, pois é uma leitura que flui de forma muito gostosa.

Então é isso meus amores! Espero que tenham gostado, não se esqueçam de seguir o blog, seguir as redes sociais (@Blog_sduc e @segredosdeumacerejeira) e deixem seu comentário, que é algo muito importante! Muitos beijos e até a próxima.

07/10/2016

Projeto 7 on 7: Rosa

Oiee Cerejas! Tudo bom? Hoje é dia de mais um projeto fotográfico, o 7 on 7 e o tema desse mês é Rosa, então fiz uma mistura de assuntos mas para entender vou colocar uma legenda embaixo das fotos. Então vamos à ela.

Escolhi os livros mais especiais da minha estante e cada um deles tem uma história que me marcou muito, em grande maioria são autoras #GirlPower

A cor rosa é sinônimo da delicadeza, e para isso tirei foto dessa florzinha que é pequena e super fofa e tem esse rosa quase vermelho.

A cor também significa amor, e como amo corações fiz um corações de beijos rosas. Pois são coisas que se relacionam.

A cor é algo que remete muito à serenidade, calmaria e suavidade, por isso essa foto com esse lado mais suave.

Essa foto tem uma história, porque era para ser um doce rosa (bicho-de-pé), mas acabei comendo o doce antes da foto hehe, então fiz uma representação dele mas não ficou igual (aliás o doce estava muito bom).

Rosa lembra a verão, pelo menos para mim por isso essa limonada rosa, que remete muito a essa estação, além de ser uma bebida maravilhosa.

Por último quis conscientizar vocês sobre esse mês, é o outubro rosa que é uma campanha sobre o câncer de mama, uma doença muito agravante nas mulheres, então quis deixar essa mensagem de prevenção para vocês.

Blog participantes

Então é isso meu povo! Espero que todos tenham gostado e não se esqueçam de comentar, compartilhar e seguir o blog! Muitos beijos e até a próxima!

06/10/2016

Filme: Garota Mimada- Resenha

Olá meninas

Hoje vou indicar um filme muito antigo, mas que amo Garota Mimada.


Resenha do filme

Poppy (Emma Roberts) é uma adolescente bonita, rica e rebelde que vive em Malibu, litoral californiano. A fim de dar um corretivo da garota, o pai a envia para estudar num rígido colégio britânico. Além dos novos colegas que não toleram o comportamento mimado e espalhafatoso da moça, Poppy ainda tem de enfrentar a carrancuda diretora do colégio (Natasha Richardson).


Minha opinião:
O filme é de 2008, quando assistir pela primeira vez tinha uns 13 anos, ele fala sobre maturidade, e bem no estilo de garotas malvadas. Super indico para qualquer idade, esses dias tava assistindo com minha professora de inglês, ela deve ter uns 35 anos e amou o filme, ainda quando terminou queria ver de novo, o filme tem uma vilã, que na verdade é uma aluna do internato onde a Poppy internada que adora encher o saco das alunas novatas, confia que esse filme se vão amar.

Imagens do filme:





Espero que tenham gostado.

Beijos