20/12/2014

Resenha: Cidades de Papel

Oii amores, hoje eu voltei com mais uma resenha, do livro Cidades de Papel, esse livro foi um dos mais marcantes desse ano, ele é simplesmente incrível, então bora lá.
Informações:
 Páginas: 366
 Editora: Intrínseca
 Autor(a): John Green
Resenha: O livro conta a história de Quentin Jascoben, um adolescente que têm uma paixão platônica, por sua vizinha e também colega de escola, Margo. Até que um dia, cinco de março, que poderia ser como outro qualquer, ela invade o quarto dele pela janela, vestida de ninja e com o rosto pintado, pedindo-o para participar de um plano de vingança, ele aceita participar.
 Depois da noite de vingança, ele vai a escola normalmente e descobre que Margo, uma garota sempre enigmática, sumiu. Apesar disso, ele encontra pistas e começa a seguir elas. Com um caminho cheio de obstáculos, Quentin percebe que quanto mais ele se aproxima, menos ele conhece Margo Roth Spiegelman.
Opinião final: É um livro incrível, como já disse, ele tem muitas reviravoltas e tem um final surpreendente. Ele deveria ser um livro onde todos deviam ler, pois ele faz refletir em diferentes aspectos.
Frase favorita: "Cidades lotadas de gente vazia"

Bom gente, por hoje é só espero que tenham gostado muitos beijos e até o próximo post.

Nenhum comentário:

Postar um comentário